Tel: +32 (0)68.55.14.82
Fax: +32 (0)68.56.89.40

General conditions

DIAGAM SA

- CONDIÇÕES GERAIS -

 

 

  1. Preâmbulo

 

  1. Sempre que nestas Condições Gerais, o termo "por escrito" for usado, terá o significado de um documento assinado por ambas as partes, enviado por correio registrado, por fax, por email ou por qualquer outro meio acordado entre as partes.
  2. As disposições destas condições gerais fazem parte integrante das propostas ou contratos celebrados. O cliente deve ter lido e aceito todos os termos, exceto se expressamente estipulado de outra forma por escrito.
  3. Tendo realizado o seu pedido, o cliente confirma sua aceitação total e sem reserva destes termos e condições, sem poder invocar suas próprias condições de compra ou pagamento, mesmo que estejam contidos na confirmação de seu pedido ou em qualquer outro documento, com exceção, no entanto, de disposições obrigatórias relativas a contratos públicos.
  4. As propostas são preparadas sujeitas a omissões ou erros de cálculo e são válidas por 30 dias corridos. Após este prazo, elas se tornam inválidas imediatamente. As propostas permanecem confidenciais enquanto não tiverem sido aceitas pelo cliente no prazo estipulado.
  5. Qualquer pedido só entrará em vigor e comprometerá a DIAGAM somente após aceitação escrita por este último. A confirmação de um pedido pode, no entanto, resultar do envio de produtos encomendados.
  6. Em caso de cancelamento unilateral do contrato pelo cliente, o cliente será responsável por uma indenização à DIAGAM equivalente a 30% do valor total do pedido.
  7. A DIAGAM reserva-se ao direito de modificar os termos do contrato a qualquer momento. Se as alterações propostas nas condições contratuais forem notificadas, o cliente tem o direito de rescindir o contrato por escrito sem compensação. O cliente é notificado por escrito e no prazo de pelo menos quinze (15) dias antes dessas alterações entrarem em vigor, ao mesmo tempo que mantém o direito de cancelar o contrato sem compensação, o mais tardar no último dia do mês seguinte à entrada em vigor das mudanças, caso não aceite as novas condições.

 

  1. Preço e pagamento

 

  1. Os catálogos, materiais impressos e taxas não podem ser considerados como uma oferta.
  2. Os preços são considerados como livres de impostos. Os custos das embalagens especiais estão sujeitos à uma cobrança adicional.
  3. As faturas são adaptadas a cada pacote e estabelecidas de acordo com a legislação em vigor e são pagáveis, a menos que hajam condições especiais ou que as partes concordem de outra forma, no prazo de 30 dias após à data de emissão. Uma fatura será enviada ao cliente na data em que os produtos forem disponibilizados, no todo ou em parte.
  4. Salvo acordado entre as partes, as faturas são pagas exclusivamente à conta bancária da DIAGAM listada nas faturas. Todos os pagamentos são feitos no escritório da DIAGAM, sem desconto.
  5. Qualquer fatura é definitivamente aceita se não tiver sido objeto de uma reclamação por carta registrada enviada no prazo de 8 (oito) dias a contar da data de emissão da fatura. Sem essas condições, será considerado nulo e sem efeito. O envio da fatura é considerado notificação formal de forma adequada e devida. Em caso de não pagamento quando vencida, o saldo remanescente, bem como 10% de juros por ano serão automaticamente e imediatamente devidos na totalidade, sem prévia notificação formal. Dado o pagamento das faturas no prazo de 30 dias a partir da data de vencimento, a DIAGAM terá direito a cobrar, além de juros, um valor adicional igual a 10% do saldo devedor como compensação integral, expressamente acordado entre as partes.
  6. Em caso de atraso no pagamento, a DIAGAM terá direito, após informar o cliente por escrito, para suspender a execução do contrato até o recebimento do pagamento.
  7. Se, no prazo de 30 dias, o cliente não tiver pago o valor devido, a DIAGAM tem direito, mediante notificação por escrito enviada ao cliente, de rescindir o contrato e solicitar compensação por perdas sofridas. A DIAGAM pode não apenas rescindir o contrato ou os contratos que são objeto do pagamento em atraso, mas também todos os contratos cujos valores permanecem não pagos, se os produtos correspondentes foram ou estão sendo entregues e se seu pagamento é devido ou não. Em todos os casos, as somas devidas por outras entregas ou por qualquer outro motivo devem ser imediatamente pagas.
  8. Os preços são estabelecidos como contrapartida pelo trabalho normal, sem interrupção, a todos os elementos que o cliente deve fornecer ou preparar em ordem quando necessário. Qualquer dificuldade adicional que leve a um trabalho adicional, causada por qualquer circunstância fora da DIAGAM, bem como quaisquer alterações solicitadas pelo cliente, conduzirão automaticamente a faturamento adicional com base na taxa vigente naquele momento.
  9. Além disso, a DIAGAM reserva-se ao direito de alterar os preços dos produtos a qualquer momento. Se a mudança de preço for um aumento que não seja indexação, o cliente tem o direito de rescindir o contrato por escrito no ou antes do último dia do mês após a entrada em vigor das alterações se não aceitar as novas condições.
  10. Sob nenhuma circunstância os pagamentos podem ser suspensos ou estarem sujeitos a qualquer compensação sem o acordo escrito prévio da DIAGAM.

 

III. Tempo e prazo

  1. O prazo de entrega comunicado ao cliente após a recepção do pedido é fornecido apenas para fins informativos e não constitui um compromisso. O cliente não pode, em nenhum caso, solicitar um direito a compensação ou exigir a interrupção ou rescisão de um contrato no caso de um prazo não ser respeitado.
  2. No caso de as partes concordarem com um prazo obrigatório, o cliente pode, se a entrega ou a conclusão for adiada, exigir uma compensação não superior a 10% do preço total do pedido. No entanto, esta compensação não pode ser feita nos seguintes casos não limitativos: em caso de força maior; se a ordem para iniciar nossos serviços for atrasada em relação ao contrato ou à confirmação do pedido; se os termos de pagamento não forem cumpridos; se as mudanças forem decididas pelo cliente durante a execução do trabalho; se o cliente não fornecer as informações solicitadas dentro do prazo especificado.

 

 

  1. Entrega de produtos
  2. Os envios são feitos EX-WORKS (Incoterms 2010) (incluindo embalagens especiais (carblocage, etc.) para qualquer pedido, sem qualquer compra mínima.
  3. As mercadorias são sempre transportadas sob o risco e as despesas do cliente, independentemente de quem realizou o transporte e por quem foi solicitado. A DIAGAM declina qualquer responsabilidade pela deterioração e danos ocorridos durante o transporte ou como resultado deste, especialmente durante o armazenamento das mercadorias após o transporte. Em caso de qualquer dano, é responsabilidade do destinatário da mercadoria notificar o transportador por escrito sobre as perdas e os danos encontrados na chegada e geralmente exercer qualquer recurso contra o transportador.
  4. Se o cliente não receber ou recusar a entrega de mercadorias encomendadas, a DIAGAM reserva-se ao direito de exigir a execução do contrato ou considerar, após pré-aviso, que o contrato seja encerrado automaticamente. No último caso, o cliente será responsável, automaticamente e no prazo de oito dias após a notificação desta rescisão, a pagar uma quantia fixa mínima igual a 30% do preço de venda, sem prejuízo da DIAGAM para reclamar uma compensação por toda a perda.
  5. A DIAGAM mantém a propriedade dos bens fornecidos até o pagamento total do preço de compra, custos e impostos. Até esta data, o cliente está expressamente proibido de emprestar o equipamento, arrumá-lo, dar-lhe como garantia, em geral, descartar ou renunciar a qualquer forma e a qualquer nível. Caso haja não pagamento de uma fração do valor total nas datas acordadas, a DIAGAM pode exigir, por carta registrada com aviso de recebimento, a devolução dos bens entregues à custa e risco do cliente e mantê-los até o pagamento integral, sem a necessidade de iniciar quaisquer procedimentos. Os riscos, no entanto, são transferidos após a conclusão da venda. Em caso de incorporação de novos materiais nos produtos entregues, a DIAGAM continua sendo co-proprietária dos produtos assim alterados para a parcela do valor restante e não quitado.
  6. O cliente também possui um prazo de 15 dias para informar a DIAGAM, por escrito, de quaisquer problemas de conformidade dos produtos entregues em comparação com o pedido. Qualquer uso ou revenda de mercadorias entregues é considerado uma aceitação total da conformidade das mercadorias.
  7. Sob pena de revogação, todos os defeitos ocultos devem ser comunicados pelo cliente à DIAGAM por carta registrada com uma descrição detalhada no prazo de 30 dias após sua descoberta.
  8. A garantia de defeitos ocultos só pode ser implementada se as seguintes condições forem atendidas:

- O defeito torna, em grande medida, o produto impróprio para o uso para o qual normalmente se destina ou um uso especial expressamente mencionado nas condições especiais de venda;

- O produto é usado em condições normais; A garantia não se aplica, em particular, se as instruções de manutenção e operação fornecidas, as quais o cliente reconhece expressamente, não tenham sido seguidas, e em caso de revenda ou empréstimo dos produtos ou em caso de modificação, desmontagem ou reparo por parte de uma pessoa que seja não qualificado profissionalmente.

  1. A garantia é limitada, a critério da DIAGAM, ao reparo gratuito ou à substituição de bens defeituosos. Em nenhum caso, estes serão reembolsados. O cliente deve retornar às suas próprias custas e arriscar o produto defeituoso à DIAGAM para que ele possa ser reparado ou substituído. A DIAGAM suportará os custos de envio e os custos de devolução ao cliente se o produto ao qual a garantia se aplica demonstrar ser realmente defeituoso.

 

  1. Responsabilidade
  2. A DIAGAM não será, em caso algum, responsável por qualquer perda sofrida por terceiros ou pelo cliente, se este não tiver cumprido ou adotado uma atitude contrária às informações e recomendações sobre a utilização e comercialização dos produtos.

O cliente também deverá dar à DIAGAM uma garatia contra todas as reclamações de terceiros que tenham sofrido uma perda direta ou indiretamente decorrente do incumprimento pelo cliente com as informações e recomendações referidas neste artigo.

  1. Mais especificamente, a DIAGAM chama a atenção do cliente para o seguinte:

- Os produtos destinam-se a a uso in vitro. O cliente é o único responsável pelo seu uso no campo médico ou industrial;

- O cliente transmitirá aos seus próprios parceiros e clientes as condições e recomendações para o uso do produto;

- O cliente será o único responsável pela comercialização dos produtos no território da entrega e as condições legais em que esses produtos podem ser comercializados nesse território;

- O cliente será o único importador dos produtos no território da entrega e será o único responsável pelo cumprimento da legislação aplicável nesse território. Deve executar todas as formalidades para garantir que os produtos possam ser comercializados no seu território;

- A DIAGAM não pode, em qualquer momento, ser responsabilizado se os produtos não estiverem autorizados por lei ou por qualquer autoridade a ser comercializada no território do cliente.

 

  1. Propriedade intelectual
  2. O cliente pode usar as marcas registradas, nomes comerciais ou outros sinais distintivos pertencentes à DIAGAM sem o prévio consentimento por escrito deste último. O cliente concorda em não apresentar ou registrar patentes, marcas comerciais, nomes comerciais ou sinais distintivos pertencentes à DIAGAM ou disponibilizados por ela ou que possam criar uma concorrência desleal ou qualquer prejuízo para a empresa.

 

VII. Força maior 

  1. Cada parte terá o direito de suspender a execução das suas obrigações na medida em que tal desempenho seja impedido ou forçado de forma irracional devido às seguintes circunstâncias: disputas de trabalho e qualquer outra circunstância fora do controle de qualquer das partes, como fogo, guerra, mobilização militar, insurreição, requisição, apreensão, embargo, restrições e defeitos de energia ou atrasos nas entregas de subcontratados causadas por tais circunstâncias.

 

VIII. Disputas e lei aplicável

  1. Salvo disposição em contrário expressamente acordada por escrito entre as partes, os litígios relativos à validade, interpretação ou execução destas condições, por um montante superior a €100.000 (cem mil euros) que não puderam ser resolvidos de forma amigável, serão resolvidos da seguinte forma: as partes tentarão resolver o Disputa pela mediação nos termos do regulamento de mediação de bMediation (www.bmediation.eu). A mediação começarán o mais tardar 15 dias após o pedido de mediação notificado por uma das partes para a outra parte eo período de mediação não pode exceder 30 dias corridos, a menos que as partes concordem expressamente em contrário.
  2. Em caso de falha na mediação, ou para qualquer disputa em que a participação seja inferior a €100.000 (cem mil euros), as partes devem submeter o litígio aos tribunais francófonos do distrito judicial de BRUXELAS – BÉLGICA.
  3. Os litígios decorrentes do contrato ou em relação a eles estão sujeitos à legislação belga.

 

IX. Proteção de dados pessoais

Ao navegar no Site e, em particular, ao preencher os formulários on-line, a DiAgam coleta os dados pessoais dos usuários da Internet necessários para dar-lhes acesso ao site e ao seu conteúdo e/ou responder suas perguntas. O processamento de dados é baseado, conforme o caso, no interesse legítimo da DiAgam em buscar uma atividade comercial e melhorar seus serviços.

A DiAgam retém os dados pelo tempo necessário para cumprir os Propósitos e pela duração da limitação legal aplicável, a menos que a lei preveja outro período de retenção.

Quando necessário, os dados pessoais dos usuários da Internet podem ser compartilhados com as outras entidades do Grupo DiAgam, seus subcontratados, incluindo subcontratados de TI, bem como seus parceiros de negócios ou de consultoria (contador, auditoria etc.), autoridades administrativas ou judiciais, às obrigações legais e também em caso de controle ou outro pedido, bem como qualquer empresa após uma transferência de atividade ou uma fusão.

Os dados pessoais podem ser transferidos para fora da União Europeia para os fins descritos anteriormente.

Dentre as medidas permitidas por lei, cada usuário que tenha comunicado aos dados pessoais à DiAgam tem o direito de acesso, retificação, exclusão, direito à portabilidade de seus dados pessoais e o direito de limitar ou opor-se ao tratamento.