Tel: +32 (0)68.55.14.82
Fax: +32 (0)68.56.89.40

Transferrina

A transferrina é uma proteína com um peso molecular aproximado de 79,6 kDa. É a principal proteína de transporte de ferro(III). Esta é sintetizada na sua maioria no fígado, mas também no plexo coróide do cérebro. A concentração plasmática de transferrina é regulada pela disponibilidade de ferro no organismo: em caso de carência de ferro, a concentração plasmática de transferrina aumenta e volta a ficar normal caso a carência seja tratada. 

Uma concentração plasmática elevada de transferrina pode ser causada por uma anemia hipocrómica e microcítica (a dose de transferrina pode, portanto, servir para monitorizar o tratamento), em caso de carência de ferro, mas também durante a gravidez ou ainda durante um tratamento com estrogénio.

Pode registar-se uma redução na transferrina em caso de fase inflamatória aguda, doença hepática crónica ou ainda de subnutrição. Um síndrome nefrótico também pode reduzir a concentração da transferrina no plasma.